Conecte-se conosco

EXTRA.SC

Risco potencial de COVID-19 cai para grave na Amurel

Saúde
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Saúde

Risco potencial de COVID-19 cai para grave na Amurel

Nova matriz de risco libera a realização de eventos sociais e casas noturnas, desde que autorizados pelos municípios.

Publicidade




A matriz de risco potencial para o novo coronavírus divulgada nesta quinta-feira (7) pelo Governo do Estado reclassificou a Amurel de gravíssimo (cor vermelha) para grave (cor laranja).

Além da Amurel, Alto Uruguai Catarinense, Alto Vale do Itajaí, Extremo Oeste, Extremo Sul e Serra foram reclassificados para o nível grave. As regiões de Xanxerê, Grande Florianópolis, Médio Vale do Itajaí e Oeste sofreram agravamentos nos índices e passaram para o nível gravíssimo.

Foto: Divulgação

Com a nova classificação, os municípios da região podem flexibilizar a abertura de setores e a realização de eventos:

  • Eventos sociais: autorizados com 50% de ocupação;
  • Casas noturnas, boates, pubs, casas de shows: autorizadas com 20% de ocupação;
  • Cinemas e teatros: autorizados com 50% de ocupação;
  • Feiras, exposições e leilões: capacidade de ocupação de 50% do espaço;
  • Congressos, palestras e seminários: capacidade de 50% de ocupação do espaço e o distanciamento de 1,5m entre as pessoas;
  • Igrejas e templos religiosos: lotação máxima de 50% da capacidade;
  • Museus: autorizado com 75% de ocupação;
  • Parques aquáticos e complexos de águas termais: o número de visitantes deve ser de no máximo 75% de ocupação;
  • Bibliotecas e atividades esportivas de caráter recreativo: autorizadas;
  • Transporte coletivo urbano municipal: pode operar com 100% da capacidade.

A flexibilização, porém, dependerá de cada prefeitura que, desde o início da pandemia, tem o poder de aumentar as restrições.


Publicidade
Continue lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade




To Top