Conecte-se conosco

EXTRA.SC

Autoridades de saúde alertam sobre aumento do número de macacos mortos na região do Vale do Braço do Norte

Saúde
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Foto: Divulgação

Saúde

Autoridades de saúde alertam sobre aumento do número de macacos mortos na região do Vale do Braço do Norte

Os resultados dos exames nos primatas serão conhecidos nos próximos dias.

Publicidade


Equipes da Vigilância em Saúde, da Gerência Regional de Saúde e da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) emitiram um alerta na quinta-feira (4) sobre o registro do aumento de macacos que apareceram mortos em municípios da região conhecida como Vale do Braço do Norte.

Foram registradas 40 epizootias nas cidades de Santa Rosa de Lima, Rio Fortuna, São Martinho, Grão-Pará e Braço do Norte. Há alguns dias, foram coletados para exames oito macacos mortos, encontrados na região de Santa Rosa de Lima, cujos resultados ainda não foram divulgados. No entanto, o alerta é feito, devido ao aumento de casos.

É importante destacar que o alerta é emitido uma vez que o aparecimento de macacos mortos em determinada região pode indicar a presença do vírus causador da febre amarela. Desta feita, quando há tal detecção, as vísceras dos animais são retiradas e enviadas para análise em laboratório, afim de se confirmar, ou não, a existência do vírus nestes animais.

Assim, ao se deparar com tal situação, deve-se entrar em contato imediato com a UVZ, que funciona de segunda sexta-feira das 7 às 13 horas, através do telefone/WhatsApp (48) 98850-6311. Fora deste horário, a denúncia pode ser feita à Vigilância Epidemiológica, no número (48) 98861-6242.


Publicidade
Continue lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade




To Top