Conecte-se conosco

EXTRA.SC

Atuação de vendedores ambulantes é discutida no 3º Almoço de Ideias com os Vereadores

Cotidiano
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Foto: Priscila Loch

Cotidiano

Atuação de vendedores ambulantes é discutida no 3º Almoço de Ideias com os Vereadores

Penúltimo encontro promovido pela CDL contou com a participação de Valdir Antunes, Zaga Reis, Moisés Nunes e Fabiano do Sertão.

Publicidade


A forma de atuação dos vendedores ambulantes em Tubarão foi discutida nesta quarta-feira (28) entre os diretores da Câmara de Dirigentes Lojistas e os vereadores participantes do terceiro “Almoço de Ideias”. A entidade não é contra a atividade, e sim avalia como necessária uma fiscalização mais rigorosa, já que os ambulantes deveriam trabalhar em movimento, mas a maioria tem ponto fixo na cidade, normalmente nas calçadas.

A reivindicação é bastante antiga. Afinal, os lojistas pagam impostos, funcionários e na maioria das vezes aluguel. Por estes motivos, a concorrência acaba por ser desleal. A reclamação ganhou o apoio dos quatro convidados, vereadores do Progressistas Valdir Antunes, Zaga Reis e Moisés Nunes, e Fabiano do Sertão (PSL). “O comerciante paga seus impostos e uma pessoa que não paga na porta de sua loja é desleal. A fiscalização precisa mais rígida”, avalia Fabiano.

Também foram debatidos no encontro temas como a campanha de desestímulo a doações de esmolas, necessidade imediata de reativar o estacionamento rotativo, iluminação de Natal e voto pela Amurel nas eleições do próximo ano. “Tubarão é uma cidade muito acolhedora e muitos pedintes acham fácil ganhar dinheiro aqui. Já cansamos ver pessoas chegando de ônibus pra vir pra cidade pedir esmola”, relata Zaga.

A importância de uma assistência social atuante foi sinalizada como uma das soluções. “Às vezes, falta oportunidade. É importante tirar essas pessoas da rua. Isso não é bom para o comércio e precisamos dar muita atenção ao assunto”, destaca Moisés. “Pior é que muitas dessas pessoas gostam dessa vida e não querem trabalhar, infelizmente”, constata Valdir.

O presidente da CDL, Rafael Silvério, reforça que os assuntos em pauta precisam de atuação em conjunta, com participação da sociedade, das autoridades e entidades. Este, aliás, foi o que motivou a realização do Almoço de Ideias com os Vereadores. O próximo e último encontro deste ciclo será em 11 de agosto. Participarão Eraldo Pereira (Cidadania), Felippe Tessmann (PSC) e Thiago Zaboti (PSL).



Receba as notícias em primeira mão pelo Grupo do EXTRA.SC no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Hmfy73b8TDYCHlfbY3HLxj



Publicidade
Continue lendo

Em alta


Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
To Top