Conecte-se conosco

EXTRA.SC

Chuvas de outubro fazem estiagem recuar em Santa Catarina, aponta Monitor de Secas

Cotidiano
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Governo de SC

Cotidiano

Chuvas de outubro fazem estiagem recuar em Santa Catarina, aponta Monitor de Secas

Região Extremo Oeste ainda apresenta situação grave em relação à seca, com impactos de curto e longo prazo.

Publicidade


O mapa do Monitor de Secas divulgado está semana aponta que a chuva registrada em outubro em Santa Catarina fez com que os efeitos da estiagem fossem abrandados em parte do Estado. Na comparação com o do mês de setembro, houve recuo da seca extrema (em vermelho) no Oeste, da seca grave (laranja) no centro do Estado e da seca fraca (amarelo) no Leste.

Conforme a síntese divulgada, essa redução da intensidade da seca e da área do estado atingida por ela se deve às chuvas acima da média que ocorreram em outubro, o que gerou uma melhora nos indicadores de impacto da estiagem na vegetação, na quantidade de água disponível para as plantas e nos níveis dos rios. Mesmo assim, a região Extremo Oeste ainda apresenta situação grave em relação à seca, com impactos de curto e longo prazo.

Na região Sul do país, conforme os dados do Monitor, houve um abrandamento da seca nos três estados. Para a consultora técnica da Secretaria Executiva de Meio Ambiente (Sema), engenheira ambiental Camila Leite, apesar da melhoria na situação da estiagem, nas regiões Oeste e Extremo Oeste a situação persiste e merece atenção, especialmente devido ao longo período com chuvas irregulares.



Receba as notícias em primeira mão pelo Grupo do EXTRA.SC no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Hmfy73b8TDYCHlfbY3HLxj



Publicidade
Continue lendo

Em alta


Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top