Conecte-se conosco

Manifestantes tiram repórter do ar durante transmissão ao vivo em frente ao quartel

Cotidiano

Manifestantes tiram repórter do ar durante transmissão ao vivo em frente ao quartel

Eduardo Fogaça, da Rádio Cidade, fazia uma transmissão em vídeo ao vivo quando foi abordado de forma ríspida por algumas pessoas que estavam no local.

Foto: Reprodução

Um repórter de Tubarão foi hostilizado e impedido de trabalhar durante a cobertura da permanência de manifestantes em frente ao quartel do exército. Eduardo Fogaça, da Rádio Cidade, fazia uma transmissão em vídeo ao vivo quando foi abordado de forma ríspida por algumas pessoas que estavam no local.

Assim que afirmou que alguns dos manifestantes continuam aguardando uma resposta a qual nem sabem qual é, o pequeno grupo começou a interferir na transmissão, contestando as informações. Um homem então colocou a mão em frente ao celular usado pelo repórter e a imagem foi cortada, mas foi possível continuar a ouvir o som.

“Vocês da imprensa são um lixo”, esbravejou o manifestante, vestido com uma camisa do Brasil azul. O apresentador Marcus Vinícius, que estava no estúdio, lamentou o episódio, principalmente pelo fato do movimento se intitular como pacífico, e tentou reestabelecer contato com o repórter, porém, sem sucesso.

(Visited 299 times, 1 visits today)

Comentários

2 Comments

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM

HASHTAGS

To Top
To Top