Conecte-se conosco

PL de Bolsonaro pede anulação de votos em parte das urnas no segundo turno

Brasil

PL de Bolsonaro pede anulação de votos em parte das urnas no segundo turno

O presidente do TSE, Alexandre de Moraes deu 24 horas para que pedido abranja os dois turnos das eleições.

Atualizado em 23/11/2022 09:35

O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, entraram com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para pedir a anulação de votos feitos em modelos de urnas UE2009, UE2010, UE2011, UE2013 e UE2015 no segundo turno das eleições de 2022.

A alegação é de que houve “desconformidades irreparáveis de mau funcionamento” nesses modelos. A representação cita o laudo técnico de auditoria feito pelo Instituto Voto Legal (IVL), contratado pelo PL, que teria constatado “evidências contundentes de mau funcionamento de urnas eletrônicas”.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, já respondeu e deu 24 horas para que o Partido Liberal inclua dados sobre o 1º turno das eleições no relatório apresentado nesta terça-feira (22) que pede a anulação de votos feitos nos modelos da ação.

(Visited 24 times, 1 visits today)

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM

HASHTAGS

To Top
To Top