Conecte-se conosco

EXTRA.SC

PRIMEIRA MÃO – Gelson Bento: projeto em regime de urgência chega “no apagar das luzes”

Blog do Alessandro Neves
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Blog do Alessandro Neves

PRIMEIRA MÃO – Gelson Bento: projeto em regime de urgência chega “no apagar das luzes”

Leia também: cargos comissionados, Luciane Tokarski, Thiago Zaboti, Kércia, Mauri, Cergal, Bolsonaro, IPTU, Farol Shopping e outras notas curtas.

Publicidade




Vereador Gelson Bento (Progressistas), líder de governo na Câmara, assumiu que há projeto em regime de urgência enviado pelo executivo em cima da hora, o que impede a leitura dos vereadores e, consequentemente, afeta a discussão em plenário.

“Veio meio no apagar das luzes”, afirmou, ao explicar um projeto de lei que dispunha sobre cargos da Agência Reguladora de Águas e Saneamento, a AGR. O vereador Felippe Tessmann (PSC) questionou a prática, solicitando acesso às demandas com antecedência. “Em algumas oportunidades, sempre”, disse o líder de governo, tentando justificar, mas (se) confundindo ainda mais.

 

Não vai aumentar?

Vereadores de Tubarão precisam fiscalizar e os tubaronenses cobrar que os cargos comissionados do município, que agora são mais de 170, não tenham aumento de remuneração em 2021. Alguns vencimentos foram por ora reduzidos por uma decisão do executivo e obedecendo ao decreto federal que impede o aumento de gastos nos órgãos públicos durante a pandemia.

Só que, com a maioria na Câmara, facilmente o executivo conseguiria, em 2022, ampliar essa despesa e reajustar os valores pra cima. Importante que não seja uma redução “pra grego ver”.

 

Comunicação

Em recente reunião com a presidência da Câmara de Tubarão, a vereadora Luciane Tokarski (Republicanos) defendeu uma comunicação mais efetiva da Casa.

A mesma tecla é abordada por este colunista há algum tempo. E começa pela criação do cargo de Assessoria de Imprensa, que não existe no atual organograma do nosso legislativo.

 

Brasília

Vereador Thiago Zaboti (PSL) esteve em Brasília no fim de semana. Lá, se encontrou com o governador Carlos Moisés da Silva (PSL), a primeira dama Késia Martins e o secretário de Estado da Articulação Nacional, Lucas Esmeraldino (PROS).

Entre os compromissos, políticos e religiosos, a busca por recursos para atividades do terceiro setor em Tubarão.

Foto: Divulgação

 

Kércia Menegaz

Se alguns meses atrás a coluna criticou o retorno da família Menegaz ao Paço de Tubarão, criando, inclusive o termo “clã dos Menegaz”, dessa vez a opinião é inversa – até porque a circunstância é outra: não há pessoa mais adequada para presidir a Fundação de Assistência Social do que Kércia Menegaz, ex-chefe de gabinete e pessoa de confiança de Joares Ponticelli.

Kércia tem um histórico social e sempre participou de grupos do terceiro setor. Entraria no lugar do insustentável Deka May, que por anos presidiu a pasta na completa inércia. Os próprios servidores temem por sua permanência.

 

Artigo 170

Reitor da Unisul, professor Mauri Luiz Heerdt aproveitou a última visita do governador Carlos Moisés da Silva (PSL) a Tubarão para fazer um apelo: agora privada, a Unisul não consegue mais acesso aos benefícios do Artigo 170, que concede bolsas de estudos. Contudo, há centenas de alunos que dependem delas para concluir seus cursos.

O pedido seria para que o Governo do Estado encontrasse uma forma legal de manter as bolsas, pelo menos para esses estudantes com a faculdade em andamento. Moisés prometeu que vai dar atenção ao caso.

 

Cergal

Esclarecedora a entrevista dos candidatos à presidência da Cergal, Rancho e Dirley Nunes (assista no link). Indicam que há falta de transparência e esbanjamento do dinheiro dos associados com interesses próprios.

Em suas pautas, propõem, por exemplo, a criação de um Portal da Transparência. Representam a renovação na cooperativa, que há décadas está nas mãos do mesmo grupo.

 

É melhor Jair se desesperando

Está quase insustentável a situação do presidente Jair Bolsonaro. Os números de aprovação seguem em franco declínio e o clima de desgoverno anda pior que o da gestão de Dilma Rousseff (PT), legitimamente impechtmada pelo Congresso Nacional.

O Brasil virou um Deus nos acuda. E entre os milhares de mortos e milhões de feridos pelo novo coronavírus, estamos tendo que brigar para nos salvar.

 

Contribuição

Chegou o IPTU 2021 e é importante relembrar: há embutida uma contribuição em favor do Corpo de Bombeiros, no valor de 0,1 UFM – cerca de R$ 15.

A contribuição é importante, porém opcional. E, para retirá-la do carnê, é necessário que o tubaronense procure a Central do Cidadão.

 

Farol Shopping

Entre as ações de Verão do Farol Shopping, destaque para a abertura de um pet shop sazonal e um spa semanalpara os animais de estimação.

Também foram instalados pontos “instagramáveis” e adesivos de amarelinha pelos corredores do empreendimento, além da realização de piqueniques na Praça Ivo Prim – mediante agendamento e respeitando o distanciamento.

 

Curtas

• Há a intenção da Prefeitura de Tubarão em criar um “portal da transparência” para as vacinas da COVID-19. Afinal, são poucas doses e muita gente na fila. Belo exemplo!

• Em breve, o tubaronense poderá pagar seus tributos com os cartões de crédito e débito, na Central do Cidadão e no aplicativo Prefeitura Moderna.

• A coluna destaca a Câmara de Vereadores de Capivari de Baixo, que iniciou o ano legislativo no início de janeiro, sem grande recesso…

• … em Tubarão, são 45 dias de folga por ano.

• A propósito, na cidade vizinha, os edis são chamados por seus nomes populares. Por aqui, o mesmo poderia ser adotado…

• … afinal, é muito mais fácil chamar (e identificar), dando exemplo, Valdir Barba, Dênis da Molas e Fabiano do Sertão.

• Republicanos, Cidadania e PL podem acabar sem indicações no primeiro escalão da prefeitura de Tubarão.

• Lucas Esmeraldino levou quatro meses para construir o PSL e eleger o governador de Santa Catarina. Agora, mais tranquilo, terá dois anos para montar o PROS, olhando em direção à eleição de 2022.

• Palco Multiuso de Braço do Norte, que será construído no futuro “Parque da Família”, homenageará o empresário Djalma Marcelino (1977-2020), vítima da COVID-19…

• … Djalma era um dos grandes do ramo de eventos no sul do estado.


Publicidade
Continue lendo


Jornalista e apresentador. Começou na comunicação aos 9 anos. Trabalhou nas rádios Tabajara AM, Santa Catarina AM, Comunitária FM, Tropical FM e Top FM; na Unisul TV; nos jornais De Bairro e Extra Santa Catarina; e na assessoria do apresentador Gugu Liberato e do jornalista Flávio Ricco. Atualmente, dirige a Abra Play e é editor do EXTRA.SC.

Registro profissional: JP 5360/SC



Publicidade

Blogs e colunas


Publicidade
Publicidade
Publicidade
To Top