Conecte-se conosco

EXTRA.SC

Blog do Antonio Bento
aaaa
Foto: Reprodução

Blog do Antonio Bento

O voto pela Amurel

Publicidade


Todos sabemos que nossa região está órfã de representação política, faz tempo, tanto em nível de estado quanto em âmbito federal. Isso não há a menor dúvida. Só dois deputados estaduais é pouco para representar uma região com quase 400 mil habitantes e mais de 250 mil eleitores. Sou um radialista-colunista que sempre estimulou e acompanhou toda movimentação de autoridades, clubes de serviços, ACIT, CDL, Sindilojas, Amurel, entre outras entidades fortemente empenhadas em lutar pelo voto de nossa carente microrregião.

No entanto, sabe-se que em se tratando de disputa eleitoral, existem leis, regras claras e, obviamente, a expertise daqueles que entram no jogo a fim de agregar um maior número de eleitores para conquistar a almejada vaga seja ela a que está em disputa. Sendo assim, muitos candidatos acabam montando estratégias nos mais longínquos lugares, dentro da capacidade de cada um, qualquer região, repito, de acordo com o estabelecido pelas leis, instalam comitês de campanha seja aqui ou acolá.

Outra situação que é preciso esclarecer aos amigos leitores diz respeito ao profissionalismo da imprensa. De maneira democrática, qualquer um dos candidatos, não importa a cor da sigla, que conversa com este colunista-radialista, terá respeito e empatia quando o assunto é espaço na imprensa onde atuo. Então, para ser um vencedor, todo e qualquer candidato não só tem que fazer um bom trabalho em sua base como também beliscar apoio em outras regiões, especialmente aqueles que pretendem uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Voltando a estratégia de alguns postulantes ao cargo em 2 de outubro, quero aqui parabenizar o candidato e empresário Fernando Cruzetta, mesmo sendo da região da Amrec, de forma inteligente instalou um comitê de campanha em Tubarão. Outro candidato que está seguidamente na cidade é o empresário Tiago Zilli, da Amesc. É bom frisar, ele é proprietário de uma grande rede de lojas no sul catarinense, com duas lojas em Tubarão, oportunizando emprego e renda para cidadãos da região.

Entendo que, a exemplo desses chamados de fora que aqui estão, seria, também, otimamente que os daqui se fizessem presentes em outras regiões. O jogo é jogado, o lambari é pescado, e voto é conquistado. Ou alguém tem dúvida disso!

 

Tubarão, um município em transformação

Pode falar quem quiser, mas a Cidade Azul nunca esteve tão em alta como nos últimos anos. Prefeito Joares Ponticelli, com o vice Caio e toda equipe de trabalho, tem sido o gestor público mais aplaudido dentre os 295 chefes de governos municipais. No primeiro mandato, a máquina administrativa esteve em ritmo acelerado atuando intensamente nas diversas áreas, como Saúde, Educação, Infraestrutura, Social e Segurança Pública. Cada qual com profissionais altamente comprometidos em fazer mais e bem feito.

Em apenas dois anos do segundo mandato, Ponticelli, agora com o corpo mais atlético e com memória de um jovem modernista, seguiu espalhando obras por toda cidade, no centro, nos bairros e na parte rural, demandas de décadas esperadas pela coletividade tubaronense. Não é nenhum exagero desse colunista, os feitos são vistos a olhos nu e elogiados até pelos ferrenhos opositores da atual gestão pública. Feliz do povo que possui administradores, como Joares e Caio, inteligentes, trabalhadores, de respeito, sérios e consorciados com aquilo que eles se propuseram fazer perante o maciço apoio do eleitorado de nossa querida, transformada e bela Cidade Azul. Que bom que Tubarão caminha para a modernidade dos novos tempos.

 

Campanha a Presidente da República

Faltando poucos dias para o pleito eleitoral, a polarização política segue aumentando o ritmo dos candidatos Jair Bolsonaro e Luís Inácio Lula da Silva. Indiferentemente de pesquisas realizadas até o momento, observando ambos os postulantes a presidente, não há dúvida de que a maior concentração popular está com atual gestor da República.

Em qualquer lugar por onde passa, Bolsonaro é recebido por centenas de milhares de eleitores. Já o outro candidato do PT, Lula, não chega nem perto do número de pessoas que vestem verde e amarelo, as cores do Brasil. Têm até analistas políticos que se arriscam a dizer que Bolsonaro poderá vencer no primeiro turno. A melhor pesquisa é aquela que os olhos veem. Em sendo assim, Bolsonaro estaria reeleito.

 

Vergonha nacional

Até quando o Brasil vai ter que conviver com essa imponente força da Corte Imperial do país. Mais uma vez, contrariando uma decisão do Congresso e do presidente da República, manteve a suspensão do piso salarial de enfermagem. Eles, os togados, querem saber da fonte de recursos do governo federal para repassar à categoria, dizem estarem preocupados com o orçamento da União que não revelou de onde sairá o valor.

O que indigna o cidadão brasileiro, que apoia literalmente o piso salarial de enfermagem, é que, recentemente os togados imperiais reajustaram os próprios salários, passando dos atuais R$ 39 mil para R$ 46 mil, com possível efeito dominó ao judiciário. Os capas-pretas usam e abusam do famoso dois pesos, duas medidas.



Receba as notícias em primeira mão pelo Grupo do EXTRA.SC no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/G7lRVjCNTtLIcw3NsZX3mj



Publicidade
Continue lendo


Atua na comunicação desde 1975, com foco no jornalismo político e esportivo. Trabalhou nas três emissoras de rádio AM de Tubarão. Atualmente, é funcionário da Rádio e TV Tubá. Também assina colunas em alguns jornais da região.

Os artigos aqui publicados não refletem, necessariamente, a opinião do EXTRA.SC.



Publicidade

Blogs e colunas


Publicidade
Publicidade
Publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top