Conecte-se conosco

EXTRA.SC

Em que estágio Hercílio Luz e Tubarão estão em 2020

Arquivo de Blogs
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Foto: William Lampert / CA Tubarão

Arquivo de Blogs

Em que estágio Hercílio Luz e Tubarão estão em 2020

Publicidade


Hercílio Luz e Tubarão entraram em campo ontem em jogo-treino no Aníbal Costa e empataram sem gols. O lado vermelho da cidade vive um momento de preparação, afinal a Série B do Campeonato Catarinense começa só em novembro. O lado azul está partindo para a segunda rodada do Campeonato Brasileiro Série D. Acompanhei a atividade e opino sobre o momento das equipes.

 

Hercílio Luz: Pode jogar mais, mas não preocupa

Depois de iniciar a preparação com antecedência, contratar jogadores conhecidos do futebol catarinense e oferecer uma estrutura de quem pensa em ser candidato ao acesso, esperava mais do Hercílio Luz no jogo-treino de ontem. Ainda mais pelo adversário recheado de jovens jogadores. E não é que o time colorado não seja bom, mas achei que a equipe já estava em estágio mais avançado.

O setor defensivo me parece bem definido com Júlio César no gol, bons laterais como Geovane e Boré, além de um trio de zagueiros com Hyago, Cleiton e Negretti absolutamente fortes para uma Série B estadual. O técnico Leandro Campos terá um trabalho maior daí pra frente. Mateus Arence me pareceu escondido entre os atacantes. O centroavante Conrado pouco fez nas boas oportunidades que teve.

Talvez já diagnosticando essa deficiência supracitada, o Leão do Sul está no mercado em busca de nomes para o setor ofensivo. Mesmo com tudo isso que escrevi, também entendo que não se pode tirar uma grande conclusão de três jogos-treino. Vi algumas variações interessantes e alguns garotos da base que parecem já estar entrosados com os mais experientes. Outra situação que conforta é que Leandro Campos tem tempo para corrigir os problemas.

 

Tubarão: Bons valores, mas falta experiência

O momento do Tubarão é delicado nas finanças. O presidente Joca Zappoli tenta colocar as contas em dia e, ao mesmo tempo, montar um grupo capaz de brigar por vaga na próxima fase da Série D. O jogo-treino de ontem serviu para o técnico Isaque Pereira observar atletas que não participaram da derrota para o São Luiz no fim de semana.

Aliás, reforços recém contratados tiveram a primeira oportunidade e não decepcionaram. O Tubarão não foi soberano no jogo, mas também não sofreu pressão do experiente time adversário. Algumas escapadas aconteceram. Reforço recente, o lateral-esquerdo Edi certamente assumirá a posição com perspectiva de bom apoio ofensivo.

Porém, mesmo com alguns bons nomes, o Tubarão necessita de mais experiência se quiser brigar por vaga na próxima fase da competição nacional. Os garotos mostraram qualidade e talvez muitos cresçam em suas carreiras, mas certamente eles terão mais chances de dar certo agora com algumas referências dentro de campo. Alex Nemetz é uma das referências. Creio que precisariam de mais duas.



Receba as notícias em primeira mão pelo Grupo do EXTRA.SC no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Hmfy73b8TDYCHlfbY3HLxj



Publicidade
Continue lendo


Em alta



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top