Conecte-se conosco

EXTRA.SC

Você sonha com Unicórnio?

Blog do Dal Molin
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Foto: Reprodução

Blog do Dal Molin

Você sonha com Unicórnio?

Publicidade


Um filme que trouxe um olhar diferente sobre tecnologia nas telas do cinema foi o filme Blade Runner: o caçador de androides (1982) de Ridley Scott. A produção é inspirada no livro: Os androides sonham com ovelhas elétricas? (1968), de Philip K. Dick. O filme traz a narrativa de um mundo imaginário com um cenário sombrio e tecnológico, no qual carros voadores cruzam o céu que apresenta um choque entre a humanidade e a tecnologia, através de robôs com inteligência artificial, os chamados replicantes.

No filme existem elementos exibidos que surgem com significados diversos e um deles é um origami de um unicórnio, que indica um mundo de universo de sonhos do protagonista da trama, Rick Deckard (vivido por Harrison Ford). O unicórnio é um animal dotado de poderes fantásticos, presente em várias mitologias da antiguidade, tanto no mundo ocidental quanto no mundo oriental. Em algumas lendas, o unicórnio é apresentado como um animal dócil, com corpo de equino e cauda de outro animal, geralmente um leão. Mas sua principal característica física é o corno único localizado no centro da cabeça.

Mas o que tem a ver um unicórnio com empresas?

Pois bem, o sonho de um empreendedor de crescer, criar uma grande marca ou empresa se relaciona atualmente, com a figura do unicórnio. Unicórnios são empresas que atingem a marca de US$ 1 bilhão em valor de mercado, antes de abrir seu capital nas bolsas de valores. Ou seja, conseguir ser avaliada em 1 bilhão de dólares antes de abrir seu capital em bolsas de valores, é quase a mesma coisa que encontrar a criatura mítica do unicórnio.

Quem cunhou o termo no artigo Welcome To The Unicorn Club: Learning From Billion-Dollar Startups (2013), foi a investidora-anjo Aileen Lee. Para ela os primeiros unicórnios nasceram nos anos 1990, com o Google. Depois nos anos 2000 muitas outras, como o Facebook, empresas denominadas como “super-unicórnios”.

Aproveitando e na mesma linha, começou-se também a chamar as startups bilionárias de capital aberto de IPOgrifos, numa referência aos seres mitológicos que têm corpo de cavalo, mas cabeça e asas de águia, os hipogrifos. Além disso, o termo faz alusão com a sigla em inglês IPO (Initial Public Offering, em português “Oferta Pública Inicial” – OPI), que marca a oferta pública inicial de ações de uma companhia ao mercado.

Mundo já temos 500 unicórnios e as empresas dos EUA e a China respondem por 70% do total deste mercado. A chinesa ByteDance, do aplicativo TikTok, é a startup com maior valor de mercado, com US$ 140 bilhões. Logo atrás a também chinesa Didi Chuxing com valor de US$ 56 bilhões, detentora da plataforma mobile de transporte e em terceiro lugar a SpaceX com US$ 46 bilhões dos Estados Unidos, empresa de aviação e aeroespacial.

O Brasil conta com 15 empresas unicórnios. A primeira foi no ano de 2018, a conhecida 99 – um aplicativo utilizado para mobilidade. Depois vieram a Nubank, Arco Educação, Movile/Ifood, Stone, Gympass, Loggi, QuintoAndar, Ebanx, Wildlife, Loft, Vtex, C6 Bank, Creditas e finalmente em janeiro de 2021 a MadeiraMadeira – tornou-se um unicórnio por meio de um aporte de U$ 190 milhões.

Sonhe acordado com o unicórnio, ele pode aparecer para você. Administre seu negócio.

 

Dica de Filme

O Jogo da Imitação

Em 1939, a recém-criada agência de inteligência britânica MI6 recruta Alan Turing, um aluno da Universidade de Cambridge, para entender códigos nazistas, incluindo o “Enigma”, que criptógrafos acreditavam ser inquebrável. A equipe de Turing, incluindo Joan Clarke, analisa as mensagens de “Enigma”, enquanto ele constrói uma máquina para decifrá-las. Após desvendar as codificações, Turing se torna herói. Porém, em 1952, autoridades revelam sua homossexualidade, e a vida dele vira um pesadelo.

O homem que virou o jogo. Dirigido por Morten Tyldum. EUA: Diamond Films, 2014. 1 DVD (194 min.).


Publicidade
Continue lendo


Mestre em Administração e Especialista em Finanças Corporativas, é sócio da DM Associados Gestão Empresarial. Professor dos cursos de graduação e pós-graduação, em 2017 foi condecorado “Administrador Estadual Destaque” pelo Conselho Estadual de Administração de Santa Catarina. É presidente da Associação das Micro e Pequenas Empresas de Tubarão e Região (Ampe).

Os artigos aqui publicados não refletem, necessariamente, a opinião do EXTRA.SC.



Publicidade

Blogs e colunas


Publicidade
Publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top