Conecte-se conosco

EXTRA.SC

O cancelamento de empresas em 2020

Blog do Dal Molin
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Foto: Reprodução

Blog do Dal Molin

O cancelamento de empresas em 2020

Publicidade


No dicionário Michaelis (2008, p. 153) a palavra cancelamento significa invalidar, eliminar. O termo cancelamento na atualidade é muito usado em redes sociais para celebridades ou influenciadores digitais que são excluídos por  determinada pessoa ou grupo, de modo temporário ou definitivo, em função de um ato identificado como de “mau gosto”.

Já no mercado, o cancelamento de uma empresa significa o encerramento de diversas atividades, como: de um contrato de locação, de vários empregos, da distribuição e venda de determinados produtos, do recolhimento de impostos e de muitas outras atividades. Mas sem dúvida, o cancelamento de uma empresa destrói sonhos. Anos de vida de trabalho duro e de dedicação dos empresários e de seus empregados.

Com bases de dados, buscou-se identificar o número de empresas canceladas de 2020. No Estado de Santa Catarina em 2020 pelos dados da JUCESC o número de 22.053 empresas canceladas (inativadas). Pelos registros do MAPA de EMPRESAS o número é de 52.644 empresas. Aqui cabe destacar que as informações da JUCESC são somente das empresas registradas no órgão. Já os dados do MAPA DE EMPRESAS são informações registradas na Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (REDESIM), que reúne dados das juntas comerciais, e de dados da Receita Federal e de demais órgãos de inscrição tributária estaduais e municipais de formalização de empresas e cartórios.

Existe uma diferença entre os dados das duas bases, mas de qualquer forma os números são bastante expressivos, principalmente em um ano que teve a tônica da pandemia atuando na economia.

Apresenta-se a seguir o número de empresas canceladas no ano de 2020 na região da AMUREL (Associação dos Municípios da Região de Laguna). Pelas informações da JUCESC no ano de 2020 foram canceladas 1.179 empresa na região. Tendo o município de Pescaria Brava com somente 1(uma) empresa e Tubarão com 464 emprsas. Já pelos dados do MAPA DE EMPRESAS a região teve 2.651 empresas canceladas com o município de São Martinho tendo 12 empresas canceladas e o município de Tubarão com 907 empresas.

Precisamos olhar a região e entender os motivos que estão levando os empresários cancelarem seus sonhos e consequentemente suas empresas. Não importa se empresa é grande, média ou pequena. Ou ainda MEI (Micro Empreendedor Individual). O que impactou neste período de 2020? Quais razões?

Foi somente a pandemia e todas suas consequências? Ou outros motivos contribuíram para esse cancelamento. Como por exemplo: O desconhecimento do mercado? A falta de capital de giro? A concorrência mais ágil e com preços melhores? O desconhecimento técnico? Investimento em modismo? Saque de dinheiro da empresa para despesas pessoais? O descontrole contábil, financeiro e administrativo? A baixa qualificação da mão-de-obra? O nível de dívidas bancárias insustentáveis?

Precisamos encontrar respostas, corrigir com ações efetivas e evitar repetições nos próximos anos. Os empresários e empreendedores precisam de apoio para não cancelarem seus sonhos, na verdade precisamos de mais sonhos empresariais.

O cancelamento e o “descancelamento” de celebridades podem ser realizados diversas vezes ao dia, ao mês. Mas, o cancelamento de uma empresa é para sempre. Cancela-se de vez o sonho de um empresário e muitos outros que sonharam junto com ele.  Administre seu negócio.

 

Dica de Livro

O ponto de virada – Malcolm Gladwell

Autor apresenta como fenômenos sociais, influenciados por um produto ou serviço ou mesmo atitudes capazes de virarem moda da noite para o dia.  E o momento decisivo em que essas novidades se alastram − ou se acabam − é o que ele chama de o Ponto da Virada. Esse instante crítico surge com mudanças que, embora pequenas, surtem um efeito extraordinário.

GLADWELL, Malcolm. O ponto de virada. Rio de Janeiro: Sextante, 2011.


Publicidade
Continue lendo


Mestre em Administração e Especialista em Finanças Corporativas, é sócio da DM Associados Gestão Empresarial. Professor dos cursos de graduação e pós-graduação, em 2017 foi condecorado “Administrador Estadual Destaque” pelo Conselho Estadual de Administração de Santa Catarina. Ex-presidente da Associação das Micro e Pequenas Empresas de Tubarão e Região e diretor de Inovação da Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina.

Os artigos aqui publicados não refletem, necessariamente, a opinião do EXTRA.SC.



Publicidade

Blogs e colunas


Publicidade
Publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top