Conecte-se conosco

EXTRA.SC

OUTUBRO: Debates do EXTRA.SC, Moisés afastado, massacre de cachorros e filas nos bancos

Retrospectiva 2020
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Retrospectiva 2020

OUTUBRO: Debates do EXTRA.SC, Moisés afastado, massacre de cachorros e filas nos bancos

Publicidade


 

Destaques

O EXTRA.SC realizou os primeiros debates entre os candidatos a prefeito e vice de Tubarão. O primeiro encontro, que reuniu Joares, Cristiano, Diego, Marcos e Fontoura, recebeu 30 mil visualizações e alcançou mais de 60 mil pessoas. O segundo programa, com Caio, Jó, Cesário e Arão, contou com quase 10 mil visualizações e o alcance de 20 mil tubaronenses. As duas transmissões foram as mais vistas da cidade nessa eleição.

O governador Carlos Moisés da Silva (PSL) foi afastado do cargo após o Tribunal Misto de Julgamento decidir pela manutenção do processo de impeachment, pelo aumento dos salários dos procuradores do Estado. Os deputados e desembargadores, no entanto, decidiram absolver a vice Daniela Reinehr (sem partido), que assumiu o governo temporariamente.

As polícias Ambiental e Civil encontraram 13 cães mortos em um terreno da Associação da Prefeitura, no Campestre. Na casa do suspeito pelo massacre, foram apreendidos mais de 80 galos, que seriam usados para a prática ilegal de rinha.

As longas filas formadas nas portas das agências bancárias de Tubarão ligaram um alerta, pela desumanidade. Clientes chegaram a relatar que levavam até quatro horas para serem atendidos. Semanas depois, o prefeito Joares Ponticelli (Progressistas) concedeu entrevista afirmando que o departamento jurídico do município estaria estudando medidas cabíveis e legais contra os bancos. Até agora, nada foi feito.

 

 

Relembre

Seis entidades estudantis publicaram carta externando descontentamento diante de mudanças acadêmicas propostas pela Unisul/Ânima. O texto citava a alternância de disciplinas entre presenciais e virtuais, admissão excessiva de alunos e o aumento exorbitante das mensalidades. A universidade respondeu que seguia investindo na melhoria de todos os seus processos, defendendo a nova forma de admissão, descrita pelos estudantes como uma “prova do Big Brother Brasil”.

Primeira pesquisa eleitoral em Tubarão, realizada pelo Instituto Mapa, apontou o favoritismo de Joares Ponticelli (Progressistas) no pleito. O prefeito, que buscava a reeleição, apareceu com 55% das intenções de voto, com larga vantagem sobre Doutor Cristiano (então MDB, 16%), José Fontoura (PT, 6%), Diego Goulart (PSL, 5%) e Marcos Brunato (PSDB, 4%).

Pela primeira vez em sua história, a Unisul TV cancelou os debates entre os candidatos de Pescaria BravaJaguaruna e Tubarão. Em nota, a emissora educativa alegou risco de contaminação entre participantes, convidados e funcionários. O EXTRA.SC e as rádios Tubá e Cidade promoveram programas do tipo, respeitando normas de distanciamento. A decisão da TV gerou nota de repúdio assinada por quatro candidaturas.

A candidata a vice-prefeita Missionária Cleusa (PSL) entrou em isolamento domiciliar, por suspeita de ter contraído COVID-19. A situação a impediu de participar do debate entre os candidatos a vice, promovido pelo EXTRA.SC.

A CDL promoveu almoços com os candidatos a prefeito e vice de Tubarão. Diego Goulart e Missionária Cleusa (PSL) foram os primeiros, seguidos por Marcos Brunato e Cesário Rogério (PSDB), Doutor Cristiano (então MDB) e Professor Jó (PSC), José Fontoura e Arão Arcoverde (PT) e Joares Ponticelli (Progressistas) e Caio Tokarski (PSD).

O candidato a vereador Brayan Domiciano (PSL) teve que recorrer à Justiça Eleitoral para seguir na disputa por uma cadeira na Câmara. Brayan enfrentou um processo jurídico quatro anos antes, sob a acusação de receptação de mercadoria furtada. Dias depois, o pesselista anunciou que desistiria da candidatura.

Um Ford Fiesta pegou fogo no Centro. Os ocupantes chegaram a abandonar o veículo em movimento, assim que o incêndio começou. Ninguém se feriu.

Uma jovem de 19 anos foi vítima de um assalto à mão armada, em plena luz do dia, às margens da BR-101, no Humaitá. O ladrão estava de bicicleta.

O apresentador Ciro Bottini apresentou sua palestra de forma online, sete meses após o evento presencial marcado para Tubarão ser cancelado. Bottini, com mais de 20 anos de carreira na área da comunicação, é considerado o maior vendedor do Brasil.

 

Vídeos relacionados

 

Fotos: João Duarte/EXTRA.SC, Valter Campanato/ABR, Polícia Ambiental e Alessandro Neves/EXTRA.SC



Receba as notícias em primeira mão pelo Grupo do EXTRA.SC no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Hmfy73b8TDYCHlfbY3HLxj



Publicidade
Continue lendo


Em alta



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
To Top