Conecte-se conosco

MAIO: Região revive drama da enchente, dentista tubaronense no “No Limite” e estreia da Maratona de Tubarão

Retrospectiva 2022

MAIO: Região revive drama da enchente, dentista tubaronense no “No Limite” e estreia da Maratona de Tubarão

Leia também: Pedro Camilo, gasolina mais cara do Brasil, Praça Brasília, falta de UTI, Eduardo Ventura, Elon Musk, Lula, Salvaro, Bolsonaro x Alexandre Moraes, ameaças em escolas, golpe de R$ 58 milhões, Outlet Beer, morre Jesse Koz e outros fatos marcantes.

Atualizado em 24/12/2022 11:54

Fotos: Reprodução, reprodução e EXTRA.SC

Destaques

48 anos depois, a região reviveu o fantasma da enchente. Deslizamentos interditaram vias, pontes e a serra. Crianças e suas professoras precisaram ser resgatadas de uma creche. O rio transbordou em diversos pontos, incluindo a área central de Tubarão. 13 detentos fugiram do Presídio Regional. Dezenas de famílias ficaram desabrigadas. Quase 90 casas ficaram inabitáveis e 450 foram atingidas por alagamentos. No setor agropecuário, o prejuízo foi de R$ 30 milhões. Moradores criaram uma comissão, acusando a prefeitura de omissão – segundo eles, as bombas de escoamento estavam estragadas. O município negou.

O tubaronense Leonardo Corrêa foi escolhido para participar do programa “No Limite”, da TV Globo. O dentista mostrou-se fã de programas do tipo “sobrevivência”. Ele foi eliminado no sexto episódio, após inventar um amuleto de imunidade que não existia. Leonardo foi desmascarado, mas seu “curinga” viralizou nas redes sociais.

Tradicional na realização de corridas de rua, Tubarão passou a contar com uma maratona em seu calendário. A primeira edição do evento aconteceu sob muita chuva. O atleta Felipe Costa foi o campeão dos 42 quilômetros entre os homens, completados em 2 horas e 34 minutos. A gaúcha Juliana Stolarski Uavnizack venceu a prova feminina, ao finalizar o percurso em 3 horas e 15 minutos.

 

 Cotidiano

Uma grande confusão marcou a abertura da vala que ajudaria a resolver os alagamentos nos bairros São Martinho e Vila Esperança. Um grupo de moradores de Capivari de Baixo interrompeu a operação e o presidente da Câmara Pedro Camilo (PP) quase causou um acidente ao subir na retroescavadeira para retirar a chave da ignição. Ao tentar conter os manifestantes, o então secretário de Infraestrutura de TubarãoGuilherme Daufencback de Maria, foi agredido com chutes.

Um posto de combustíveis de Tubarão fez a cidade ter a gasolina mais cara do Brasil, revendendo por R$ 8,999 o litro. A informação foi divulgada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis.

A lei que permitia a venda do terreno da Praça Brasília, em Tubarão, foi suspensa após pedido do Ministério Público. A justificativa seria a mudança de finalidade do bem. Após a decisão, a prefeitura nunca mais tocou no assunto publicamente.

O governo do estado reconheceu a falta de leitos pediátricos de UTI. Na região sul, duas crianças ficaram sem atendimento intensivo.

O jornalista Eduardo Ventura sofreu traumatismo craniano com hemorragia após bater a cabeça na casa da namorada.

O engenheiro civil Rodrigo Falchetti, filho do ex-prefeito Olavio Falchetti (PT), se acidentou enquanto surfava na Praia do Cardoso, em Laguna. Ele caiu da prancha e sofreu um corte profundo na região do quadril.

O bilionário Elon Musk visitou o Brasil para viabilizar a conexão de 19 mil escolas usando o sistema de satélites de internet. Musk é dono da Tesla, Starlink, SpaceX e do Twitter.

 

 Política

O PT oficializou a pré-candidatura de Lula e Geraldo Alckmin (PSB), à Presidência da República. Em outubro, a chapa venceu o segundo turno da eleição.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito de CriciúmaClésio Salvaro (PSDB), tachou sindicalistas que protestavam em frente à prefeitura de “cambada de vadio”.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) ajuizou notícia-crime contra o ministro Alexandre de Moraes, do STF, por supostos ataques à democracia, desrespeito à Constituição e desprezo aos direitos e garantias fundamentais. O ministro Dias Toffoli rejeitou o pedido de investigação.

 

 Segurança

A frase “O bulling só acaba quando levar armas para a escola 3/05/22”, escrita em um banheiro do Colégio Henrique Fontes, deixou estudantes e pais preocupados. Segundo a direção da instituição, a aluna responsável foi identificada e a mensagem tratava-se de uma “brincadeira”. Em Imbituba, um adolescente publicou na internet ameaças de atentado contra a Escola Gracinda Augusta Machado. Ele foi identificado e passou a responder por prática de ato infracional.

Um caminhoneiro de Braço do Norte morreu carbonizado em um acidente de trânsito em Belo Horizonte (MG). Gilmar Lemes da Silva, de 35 anos, colidiu com outro caminhão e seu veículo pegou fogo.

O Procon apreendeu 190 quilos de produtos impróprios para consumo em um mercado de Tubarão. Entre as mercadorias, estavam pães, bebidas lácteas, cervejas e carne.

Dois homens foram condenados após aplicarem um golpe de R$ 58 milhões no Banco do Brasil. Um dos réus que trabalhava como caixa teria efetuado uma simulação de depósito e, após um determinado período, fez um estorno. No entanto, os valores já haviam sido distribuídos para diversas contas bancárias, de onde seriam sacados.

 

 Variedades

Foi realizada a primeira edição do Outlet Beer Festival, evento que reuniu negócios, gastronomia e lazer.

O colunista Matheus Ximbica ganhou o sorteio principal da Trimania: uma Chevrolet Tracker e mais R$ 80 mil. O prêmio estava avaliado em quase R$ 200 mil.

A música “Acorda Pedrinho” não saiu da cabeça dos brasileiros, após viralizar nas redes sociais. O hit da banda curitibana Jovem Dionísio liderou a lista de virais do Spotify no mundo e das mais escutadas no Brasil.

 

 Esporte

Duas semanas após as denúncias da Record TV, que indicavam os dirigentes da K2 por envolvimento em pirâmide financeira, o presidente do Clube Atlético Tubarão Gilmar Negro Machado, o Cascão, renunciou ao cargo.

 

 Luto

Morreram o influenciador Jesse Koz e o cachorro Shurastey, após sofrerem um acidente de carro, nos Estados Unidos. O morador de Balneário Camboriú pretendia chegar ao Alasca com seu Fusca 1978.

Morreu o empresário Luis Carlos Crescêncio, o Luis do Seguro, aos 59 anos. Ele sofreu uma parada cardiorrespiratória durante a aplicação de anestesia, enquanto se preparava para realizar um transplante capilar.

Morreu o ator Milton Gonçalves, aos 88 anos, por problemas de saúde que enfrentava desde que sofreu um AVC.

Morreu o cantor Aleksandro, da dupla com Conrado, em um grave acidente de ônibus, em Miracatu (SP).

(Visited 34 times, 1 visits today)

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM

HASHTAGS

To Top
To Top