Conecte-se conosco

EXTRA.SC

Presidente da Alesc Julio Garcia tem prisão domiciliar decretada

Segurança
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Foto: Rodolfo Espínola/Agência AL

Segurança

Presidente da Alesc Julio Garcia tem prisão domiciliar decretada

Deputado prestou esclarecimentos na sede da Polícia Federal, em Florianópolis.

Publicidade




O presidente da Assembleia Legislativa Júlio Garcia (PSD) teve a prisão domiciliar decretada na manhã desta terça-feira (19), na segunda fase da Operação “Alcatraz”. Garcia prestou esclarecimentos na sede da Polícia Federal e voltou para casa. Ele deverá usar tornozeleira eletrônica.

O advogado de Garcia disse que não irá se manifestar sobre o caso até ter acesso à decisão da Justiça. A defesa reforçou a inocência do deputado e disse que não há indícios que apontem para o seu envolvimento nos crimes.

No total, a segunda fase da Alcatraz cumpre 34 mandados de busca e apreensão, 11 mandados de prisão preventiva e nove de prisão temporária. As ações acontecem em Florianópolis, Biguaçu, Joinville e Xanxerê. A Polícia Federal não informou o nome dos detidos ou investigados. O caso está em sigilo, disse o órgão.

O foco desta fase da operação, batizada de “Hemorragia”, envolve contratos firmados pelas secretarias estaduais, empresários do ramo de tecnologia e servidores públicos. Segundo a PF, contratações de serviços eram feitas sem cotação prévia de preços. Os investigados também apresentavam orçamentos de empresas que possuíam relacionamento societário ou comercial entre elas.


Publicidade
Continue lendo
Publicidade


Em alta



Publicidade
Publicidade
Publicidade
To Top