Conecte-se conosco

EXTRA.SC

Homem confessa ter matado moradora de Laguna asfixiada

Segurança
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Foto: Divulgação

Segurança

Homem confessa ter matado moradora de Laguna asfixiada

Acusado afirmou que realizou programas sexuais com a vítima na madrugada e de manhã ambos se desentenderam.

Publicidade


Um homem de 27 anos foi preso e confessou ter matado a moradora de Laguna de 40 anos, asfixiada com um fio de telefone, no bairro Barbacena, nesta quinta-feira (13). O acusado afirmou que realizou programas sexuais com a vítima na madrugada e de manhã ambos se desentenderam.

Natural de Campos Novos e com um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas em Curitibanos, o homem alegou legítima defesa. Entretanto, o delegado Bruno Fernandes contesta a alegação.

“A prova pericial, realizada pelos excelentes peritos de Laguna e região, deixa claro que a vítima foi bastante agredida na cabeça, possivelmente antes mesmo de ser asfixiada, o que acaba por derruir a tese levantada e se contrapor à versão apresentada pelo investigado, tudo a sinalizar eventual prática de homicídio doloso qualificado”, declarou.

O acusado foi encontrado caminhando no Centro de Laguna por intermédio de diversas informações repassadas por policiais civis e militares do PPT e da Agência de Inteligência. As investigações apontaram que o homem e a mulher se encontraram diversas vezes quarta (12) e quinta-feira (13). Inclusive, teriam ido juntos até um banco no centro da cidade para sacar dinheiro.



Receba as notícias em primeira mão pelo Grupo do EXTRA.SC no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Hmfy73b8TDYCHlfbY3HLxj



Publicidade
Continue lendo
To Top