Filtrar por cidade:
Conecte-se conosco

EUA executam prisioneiro por asfixia com nitrogênio pela primeira vez

Mundo

EUA executam prisioneiro por asfixia com nitrogênio pela primeira vez

Kenneth Eugene Smith é uma das poucas pessoas que já sobreviveram a uma tentativa de morte pelo Estado.

Atualizado em 26/01/2024 10:12

Foto: Divulgação

O estado do Alabama, nos Estados Unidos, executou um prisioneiro com o método de asfixia com nitrogênio, que nunca havia sido usado no país, nesta quinta-feira (25). Kenneth Eugene Smith, de 58 anos, condenado por um homicídio, foi o homem executado.

Os agentes colocaram uma máscara no rosto de Smith, fazendo com que ele inalasse gás nitrogênio puro. Isso resultou em uma morte por falta de oxigênio.

Os advogados dele fizeram duas últimas tentativas para adiar a execução, mas ambas foram rejeitadas pela Justiça dos EUA.

Ele é uma das poucas pessoas que já sobreviveram a uma tentativa de morte pelo Estado: em 2022, tentaram executá-lo com injeção letal, mas não encontraram uma veia que pudesse servir como via intravenosa para aplicar o veneno, e então desistiram.

(Visited 25 times, 1 visits today)

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM

HASHTAGS

To Top
To Top