Filtrar por cidade:
Conecte-se conosco

Prefeito de Pedras Grandes, Agnaldo Filippi admite morar em outra cidade: “há 27 anos”

Política

Prefeito de Pedras Grandes, Agnaldo Filippi admite morar em outra cidade: “há 27 anos”

Em entrevista, político também defendeu a campanha “Voto pela Amurel” mas admitiu que pediu votos para deputado da Amesc.

Vídeo: Rádio Cidade/Reprodução

O prefeito de uma cidade residir em outra. Parece algo impensável, mas é a realidade do chefe do executivo de Pedras Grandes. Agnaldo Fillipi (PP) admitiu, em entrevista à Rádio Cidade na manhã desta segunda-feira (26), que mora em Tubarão.

“A minha vida toda é feita aqui em Tubarão, moro há 27 anos aqui nessa cidade. Tenho meus negócios aqui, minhas filhas nasceram aqui”, justificou, ao ser indagado sobre a “legitimidade” de uma possível candidatura a prefeito. Questionado mais uma vez, percebeu o possível ato falho e se corrigiu. “Hoje que estou morando em Pedras Grandes“.

Em mais um momento da entrevista, outra contradição. Agnaldo, que afirma ter sido um defensor da campanha “Voto Pela Amurel”, encabeçada por entidades de classe, admite que pediu votos para um deputado de SombrioJosé Milton Scheffer (PP). A questão partidária poderia ser usada como justificativa, mas o Progressitas – partido de ambos – teve candidato da região ao cargo – o também deputado Pepê Collaço (PP).

A participação de Filippi na emissora de rádio foi pautada em críticas e ataques ao atual governo estadual e aos deputados estaduais Soratto (PL) e Volnei Weber (MDB). O prefeito de Pedras Grandes foi cabo eleitoral do ex-governador Carlos Moisés (Republicanos) e segue demonstrando, em suas diversas declarações, que não superou a derrota do ex-bombeiro nas urnas em 2022.

(Visited 358 times, 2 visits today)

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM

HASHTAGS

To Top
To Top