Filtrar por cidade:
Conecte-se conosco

31 de março: Dia Nacional da Saúde e Nutrição

Blog da Mariana Mendes

31 de março: Dia Nacional da Saúde e Nutrição

Foto: Reprodução

Essa data faz parte do calendário do Ministério da Saúde e sua finalidade principal é conscientizar sobre a importância da saúde e da alimentação saudável.

O próprio Ministério da Saúde elaborou o Guia Alimentar para a População Brasileira, que apresenta um conjunto de informações e recomendações sobre alimentação. Este Guia traz, dentre outras informações, os 10 passos para uma alimentação equilibrada e saudável. Confira:

1. Fazer dos alimentos in natura ou minimamente processados, a base de sua alimentação: grãos, farinhas, tubérculos, legumes, vegetais, frutas, ovos, leite, etc.

2. Utiliza óleos, açúcar e sal em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar os alimentos.

3. Limitar o consumo de alimentos processados: alimentos que são produzidos principalmente com adição de ingredientes como açúcar, sal e outros ingredientes de uso culinário como queijos, geleias, compotas, conservas, etc.

4. Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados: alimentos que envolvem diversas técnicas de processamentos e ingredientes que são exclusivamente industriais, como: biscoitos recheados, salgadinhos de pacote, refrigerantes, etc.

5. Comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados: evite “beliscar” entre as refeições. Procure fazer suas refeições em horários determinados e em locais confortáveis e tranquilos. Desfrute do que você está comendo, sem se envolver em outra atividade.

6. Faça compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou minimamente processados: Prefira legumes, frutas e verduras da estação, cultivados localmente. Sempre que possível, adquira alimentos orgânicos e de base agroecológica, de preferência diretamente dos produtores.

7. Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias: Cozinhe! Coloque a “mão na massa”. Se você não sabe cozinhar, procure aprender. Para isso, converse com as pessoas que já sabem, peça receitas a familiares, amigos, colegas, leia livros, consulte a internet. Cozinhar permite desenvolver a criatividade e fazer escolhas melhores na alimentação.

8. Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece: planejar as compras, organizar a despensa, definir cardápio. Faça da preparação das refeições e do ato de comer momentos privilegiados de convivência e prazer. Reavalie como você tem usado o seu tempo e identifique quais atividades poderiam ceder espaço para a alimentação.

9. Dar preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora: Evite fast-foods. No dia a dia, opte por locais que prepare refeições na hora e a preço justo. Restaurantes de comida a quilo podem ser boas opções, assim como refeitórios que servem comidas mais caseiras em escolas ou no local de trabalho.

10. Seja crítico com a publicidade de alimentos. Lembre-se que a função essencial da publicidade é aumentar a venda de produtos e não informar ou, menos ainda, educar as pessoas. Avalie com crítica o que você lê, vê e ouve sobre alimentação em propagandas comerciais e estimule outras pessoas a fazerem o mesmo.

(Visited 88 times, 1 visits today)

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM

HASHTAGS

To Top
To Top